Fome por vaidade dá margem à tuberculose


6.2
Um organismo fortalecido à base de alimentação equilibrada auxilia o sistema imunológico desde a vida intrauterina e a consequente defesa contra bactérias, vírus e micro-organismos. Assim se reduz as possibilidades de contrair tuberculose pela capacidade de reação das células, mesmo se ocorrer contato com a Mycobacterium tuberculosis, bactéria transmissora da doença. Geralmente, a fome aparece como um dos principais motivos de vulnerabilidade para contraí-la, porém muitas vezes aqueles com acesso fácil à boa nutrição ficam no risco de ter tuberculose por pura vaidade decorrente de transtorno emocional: a anorexia nervosa.

No embalo de modismos dos corpos ‘sarados’ e magrinhos disseminados pela mídia, sobretudo jovens passam a ingerir quantidades bem menores de alimentos fundamentais para o desenvolvimento, até chegar a um quadro de anorexia nervosa, caracterizada pela preocupação exagerada com o peso corporal e a busca de perda proposital dele de forma nada saudável. Por mais magro que esteja, o anoréxico sempre vê a própria imagem no espelho como gorda, ou seja, a antítese dos padrões de beleza impostos pela sociedade a partir da década de 60. Antes, gordura significava o modelo ideal burguês de beleza, com mulheres opulentas, filhos rechonchudos e maridos ‘naturalmente’ barrigudos.

Sem perceber, o anoréxico se apavora com a comida e a hipótese de engordar novamente mesmo após dieta bem sucedida, e costuma apelar para ‘fórmulas mágicas’ de emagrecimento, como uso aleatório de laxantes e diuréticos, vômitos induzidos e excessos de exercícios físicos. Sem os nutrientes necessários, dá margem a uma série de doenças, inclusive as infecciosas, como tuberculose, pneumonia, gripe, entre outras.

Então, o modelo de beleza tão propagado principalmente na classe média brasileira acaba dando lugar a sérios riscos para a saúde com riscos de morte, entre os quais decorrentes de tuberculose. Acentuam-se quadros gritantes dessa doença: a própria anorexia e a caquexia, tipo de desnutrição aguda que leva ao emagrecimento repentino, perda óssea e de massa muscular e fraqueza. Apesar da gravidade, ainda não existem dados estatísticos divulgados sobre associação de anorexia e tuberculose no Brasil.

Além da influência dos modismos, pesquisas apontam para uma predisposição genética nos distúrbios de anorexia, cujos casos acontecem mais – cerca de 90% – em mulheres adolescentes e adultas jovens na faixa de 12 a 20 anos.  Também podem ter influência grandes mudanças na vida e na rotina, histórico familiar, as exigências de ‘boa imagem’ características das profissões artísticas, como as de ator e dançarino, e da moda, caso, por exemplo, de modelo, e o buylling – ato caracterizado pela violência física e/ou psicológica, de forma intencional e continuada, de um indivíduo, ou grupo contra outro(s) indivíduo(s), ou grupo(s), sem motivo claro.